Copa das Confederações #2 – Semi Final (Brasil x Uruguai)

BRASILXURUGUAI

 

Brasil e Uruguai fizeram a primeira semi final da copa das confederações 2013 nesta ultima quarta feira, um clássico Sul-americano disputado lance a lance durante todo o jogo sob aos olhares de mais de 58 mil pessoas presentes no Mineirão em Belo Horizonte.

 

O jogo começou muito nervoso para as 2 equipes, a bola corria rápida devido o fato do gramado ter sido molhado antes da partida e juntamente ao nervosismo inicial dos jogadores a bola “fugia” do pé dos jogadores e ficou um jogo de balões de um lado pro outro sem resultar em nenhum lance de perigo. Aos 13 minutos de jogo David Luiz puxa o zagueiro Diego Lugano na área e o juiz chileno marca pênalti. Apreensão da torcida brasileira e responsabilidade nos pés de Diego Forlan que fora para a batida, ele cobrou no canto esquerdo de Julio Cesar que foi brilhante e  faz bela defesa e faz a torcida brasileira gritar de alegria como se fosse um gol da seleção. Logo depois o Brasil chutou primeira vez ao gol com Oscar que chutou uma bomba próximo ao travessão.

Penalti-brasilxuruguai

Foto: (FIFA.com)

 

Após  o pênalti desperdiçado o jogo começou a ficar mais rápido, lances lá e cá porém poucas finalizações em ambos lados apesar da seleção Brasileira dominar a posse de bola com 65% o jogo estava certo de um 0 á 0 no primeiro tempo, mas aos 40 minutos Paulinho lança Neymar, que domina no peito e tenta tirar de Muslera, que impede o gol. No rebote, Fred pula, pega mal na bola, mas poe a bola no fundo do gol, Brasil 1-0 Uruguai

fred-goal

Foto: (FIFA.com)

 

Segundo Tempo

o Segundo tempo mal começou e o Uruguai arrancou o gol de empate, Após tabela uruguaia dentro da área do Brasil, David Luiz afasta mal, e a bola sobra para Thiago Silva, que tenta sair jogando com Marcelo e dá no pé de Cavani. O atacante manda de perna esquerda, no cantinho de Julio César e empata a partida deixando a torcida brasileira presente no Mineirão calada.

Cavani-Suarez

Foto: (FIFA.com)

Com 1-1 em pleno inicio de segundo tempo o jogo a partir dos 2 minutos começou a ficar super acirrado, com a  raça uruguaia e o desejo incondicional do Brasil em ir a final o jogo estava bastante “estacionado” no meio campo e nas laterais e o Uruguai estava ditando o jogo e o Brasil mesmo com o gol  marcado jogava mal, Neymar ofuscado e a zaga brasileira destabilizadas. O Uruguai por sua saia tocando e marcando bem, porém o ataque não estava eficiente, Forlan depois de ter perdido o pênalti no primeiro tempo apagou o jogo inteiro, conseguindo fazer pouca coisa.

 

Aos 18 minutos Felipão decide mudar no time e deixa-lo mais rápido, então colocou o jovem Bernard no lugar de Hulk que não estava fazendo absolutamente NADA no jogo. O garoto entrou cheio de vontade e criou boas jogadas aos 20 e 22 minutos. Aos 27 ele torna a mudar do time tirando Oscar e colocando Hernanes buscando o time mais ofensivo, o Brasil já estava dominando o jogo e pressionando para fazer o gol da vitória, mas os atacantes não estavam acertando na hora do remate ao gol.

brazilvsuruguai

Foto: (FIFA.com)

 

Já eram 30 minutos do segundo tempo e Brasil e Uruguai duelavam em busca de um gol da classificação, na aquela altura quem fizesse o o gol estaria praticamente classificado, pois o cansaço do adversário era um bom aliado para o time que marcasse um gol. Ficaram no “quase” gol algumas vezes, principalmente com Fred no lado do Brasil e Cavani no lado Celeste.

Estava começando achar que iriamos ter uma prorrogação acirrada e quem sabe pênaltis, pois o jogo estava completamente indefinido e aos 41 minutos do segundo tempo eis o gol para mudar o rumo do jogo, no escanteio de Neymar a bola passa por todos inclusive o o goleiro Muslera e sobra pra Paulinho que cabeceia livre e faz o gol da que poe o time brasileiro a frente de volta ao placar. Empolgação a mil da torcida presente no Mineirão, Brasil 2-1 Uruguai.

paulinho-goal

Foto: (FIFA.com)

 

Os últimos minutos desse jogo foram dramáticos tanto para a torcida do Brasil, quanto da torcida uruguaia, brigas, as famosas “ceras” e o goleirão Muslera indo pra área no final do jogo, minutos angustiantes mas não deu para o Uruguai, com 2-1 no placar o Brasil está na grande final da copa das confederações e espera o jogo de amanhã entre Espanha e Itália, que você vai poder acompanhar os detalhes aqui na velha cafeteria da Interwebs.

 

PRA FRENTE BRASIL! e até o próximo jogo!

 

 

Anúncios